A Congregação da Missão (Padres e Irmãos Vicentinos)

A Congregação da Missão, dos Padres e Irmãos Vicentinos ou Lazaristas, é uma congregação internacional de Padres e Irmãos, fundada em 1617, na França, por São Vicente de Paulo. No Brasil, a congregação é referida como a Congregação dos Padres Vicentinos ou Lazaristas. Os Padres e Irmãos vivem juntos formando comunidades de vida para desenvolver sua Missão comum que brota da Herança Vicentina deixada por São Vicente de Paulo. Os Vicentinos/Lazaristas pertencem à Vida Consagrada como Sociedade de Vida Apostólica.

quem somos

Carisma e Espiritualidade

A palavra “Carisma” significa dom. A Congregação da Missão tem um precioso carisma, não só para a Igreja, mas para toda a humanidade. Segundo a mentalidade de São Vicente, nosso Carisma é evangelizar os Pobres e formar o Clero e os Leigos. O nosso Carisma faz nascer uma Espiritualidade que nos anima e nos sustenta para que cumpramos nossa Missão.

A Espiritualidade Vicentina é a participação no Espírito de Cristo, como propôs São Vicente: “O Senhor me enviou para evangelizar os Pobres” (Lc 4, 18). É a partir disto que “Jesus Cristo é a regra da Missão” e deve ser considerado o centro de nossas vidas e atividades (SV, XII, 130). O Espírito da Congregação é então feito daquelas atitudes pessoais de intimidade e conformidade pessoal com as atitudes de Cristo, que nosso Fundador recomendou aos membros da Congregação desde os princípios de sua fundação: amor e reverencia ao Pai, amor afetivo e efetivo para com os Pobres e docilidade à Divina Providência (Constituições da Congregação da Missão, artigo 6).

A Congregação tenta também expressar sua espiritualidade através da vivência das cinco virtudes vividas e indicadas por São Vicente de Paulo, virtudes que são do próprio Cristo: a simplicidade, a humildade, mansidão, mortificação e zelo pelas almas. Sobre essas cinco virtudes, São Vicente disse: “A Congregação deve prestar especial atenção ao desenvolvimento e vivencia desta cinco virtudes, para que elas possam ser, como são, as faculdades da alma de toda a Congregação,  e que tudo que cada um nós fizer seja inspirado por elas” (Regras Comuns, 11, 14) (Constituições da Congregação da Missão, artigo 7). Os membros da Congregação devem continuamente se esforçar para ter um conhecimento profundo do espírito da Companhia a exemplo do que ensinou São Vicente, conscientes de que nossos ministérios e espiritualidade devem ser vividos no equilíbrio, nutrindo um ao outro.

quem somos2